Theranos fecha laboratórios e demite colaboradores


A empresa de exames de sangue norte-americana Theranos anunciou esta semana que vai fechar seus laboratórios clínicos e centros de saúde e demitir mais de 40% de seus funcionários.

Em uma carta aberta, a CEO da Theranos, Elizabeth Holmes, diz que os desligamentos “terão impacto em cerca de 340 funcionários no Arizona, Califórnia e Pensilvânia”. A empresa possui instalações laboratoriais em Newark, Califórnia, e Scottsdale, Arizona.

Holmes ficou conhecida por pressionar o sistema legislativo do Arizona a aprovar uma lei que permitisse que as pessoas pudessem obter um exame de sangue sem o pedido médico.

Holmes diz ainda que a empresa, com sede na Califórnia Palo Alto, vai agora se concentrar no seu produto de exame de sangue portátil Minilab.

O movimento vem quase três meses depois de as agências reguladoras federais terem proibido Holmes de possuir um laboratório médico por dois anos. A Theranos está apelando da proibição, que resultou de uma investigação na unidade da Califórnia.

Theranos inventou uma tecnologia revolucionária que usa uma pequena quantidade de sangue para exames de rotina. Mas problemas com as máquinas levaram a empresa a executar seus testes usando os equipamentos de teste padrão.

 “Nosso objetivo final é comercializar miniLab, laboratórios automatizados capazes de testes por amostragem de pequeno volume, com ênfase em populações de pacientes vulneráveis,incluindo oncologia, pediatria e terapia intensiva.”

dbf453c1a96948d886f5dfade8602744_original

Fonte: Yahoo



Comentários