Microsoft devolve domínios ao No-IP após mudança de decisão


Após o recente fato ocorrido no último dia 01 de Julho, onde a Microsoft acionou a Justiça contra o serviço No-IP tomando posse de aproximadamente 20 de seus domínios e assim afetando cerca de 4 milhões de usuários, o que parecia improvável aconteceu: A Microsoft devolve todos os domínios ao No-IP, que voltaram a funcionar gradativamente ainda na semana do caso.

noticia_microsoft-devolve-dominios-no-ip

Mas apesar do retorno dos serviços, de acordo com as fontes que estão acompanhando a briga Microsoft vs No-IP mais de perto, uma parcela dos usuários que utilizam os serviços do No-IP ainda estão enfrentando algum tipo de problema com seus DNS.

Se a Microsoft removeu sua ação judicialmente ou se apenas decidiu devolver os domínios por livre e espontânea vontade, ainda não se sabe. Tudo ocorreu muito rapidamente através de uma manobra jurídica secreta, sem tempo para que os responsáveis pelo provedor de DNS dinâmico pudessem se opor ou entrar com recurso contra o pedido da Microsoft, e principalmente, sem que fosse levado em consideração os milhões de usuários afetados pelo mundo que utilizavam o serviço.

Depois de toda essa revira-volta, o que se tem falado a respeito é que pelo menos temporariamente, os 4 milhões de usuários do No-IP podem ficar mais tranquilos, no entanto, a sensação que paira é a de insegurança, afinal, nada garante que essa “guerra” já tenha acabado.

Adendo

Em nossa última postagem sobre o tema Microsoft vs No-IP, recomendamos que os Clientes Digitalmed que utilizam o serviço de DNS dinâmico No-IP procurassem seus departamentos de T.I. e responsáveis técnicos pela área de Informática para que avaliassem a situação e se necessário buscassem alternativas.

Como até o momento da escrita desta notícia ainda não há uma confirmação definitiva sobre o andamento do caso e não há garantias de que o No-IP pare de sofrer ações da Microsoft futuramente, continuamos a recomendar serviços alternativos como o OpenDNS e o DynDNS.



Comentários